Justiça afasta Mesa da CLDF e deputados prestam depoimento

Por OS Brasília23 de agosto de 20161 comentario
CLDF

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) determinou o afastamento dos membros da Mesa Diretora da Câmara Legislativa e autorizou o cumprimento de mandados de busca e apreensão e condução coercitiva contra os deputados Celina Leão, Bispo Renato, Júlio Cesar, Raimundo Ribeiro e Cristiano Araújo, entre outros investigados pela Operação Drácon.

Na semana passada, o Observatório Social de Brasília, com apoio de outras sete entidades da sociedade civil, divulgou nota pública cobrando o afastamento imediato de Celina Leão da presidência da CLDF, o prosseguimento de processo de cassação contra Liliane Roriz e outras medidas cabíveis.

A Operação Drácon investiga denúncias de exigência, por parte de deputados, de valores a empresas como contrapartida para a destinação de sobras orçamentárias para o pagamento de passivos em atraso por parte do Governo do Distrito Federal, relativos ao gerenciamento de Unidades de Terapia Intensiva.

O caso foi revelado por áudios de conversas de Liliane Roriz com Celina Leão e com o ex-secretário-geral da CLDF Valério Neves. Numa das conversas, Celina Leão também afirma que nomeações para cargos comissionados e contratações de empregados terceirizados, no âmbito da CLDF, ocorrem para pagar favores pessoais e apoio político.

Com informações da Assessoria de Imprensa do MPDFT