Perguntas e Respostas Mais Frequentes

Por OS Brasília8 de setembro de 2017Comentários estão desativados

Para que serve um Observatório Social ?

É um espaço para o exercício da cidadania, que deve ser democrático, apartidário e reunir o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública.

Cada Observatório Social é integrado por cidadãos que transformaram o seu direito de indignar-se em atitude: em favor da transparência e da qualidade na aplicação dos recursos públicos. São empresários, profissionais, professores, estudantes, funcionários públicos e outros cidadãos que, voluntariamente, entregam-se à causa do controle social .

 

Há quanto tempos o Observatório Social de Brasília existe?

Desde 12 de novembro de 2013.

 

Onde mais o Observatório Social de Brasília atua?

O Observatório integra o Conselho de Transparência e Controle Social do DF e participa de iniciativas como o Fórum Nacional de Combate à Corrupção (FNCC) e a Parceria para Governo Aberto (OGP). Também divulgamos a transparência e a fiscalização dos gastos públicos em veículos como a Rádio CBN e o site Congresso em Foco.

 

Vocês são uma ONG?

Os observatórios sociais são associações civis sem fins lucrativos, formadas por cidadãos e entidades interessados em contribuir para promover a participação social e o bom uso dos recursos públicos.

 

Os membros do Observatório têm filiação partidária?

Os diretores e associados do Observatório são impedidos, pelo Estatuto Social, de integrar quadros de partidos políticos. Não há restrição para os voluntários não associados, mas todos são orientados quanto à necessidade de atuar com imparcialidade nos projetos.

 

Vocês fazem trabalho de oposição a governos ou partidos?

Procuramos fazer um trabalho técnico de análise do uso de recursos públicos e do cumprimento de normas que asseguram a transparência e a participação da sociedade. Esse trabalho, sempre aberto a críticas, não tem como objetivo atacar ou apoiar nenhum governo ou grupo político. Os resultados são divulgados à sociedade e encaminhados aos próprios órgãos analisados e órgãos de controle, como Tribunal de Contas e Ministério Público.

 

Quem é quem aí?

DIRETORIA

Presidente: Onésimo Staffuzza

Vice-presidente: Rodrigo Chia

Diretor Administrativo e Financeiro: Luis Fernando Costa

Diretora de Comunicação: Fabiana Baptistucci

Diretora de Mobilização: Elcimar Rodrigues Torres

Diretor de Projetos: Guilherme Brandão

CONSELHO FISCAL

Titulares: Emerson Lima (presidente), Gilberto Gomes, Graça Gravina

Suplentes: Daniel Teixeira, Everton Kischlat, Reginaldo Araújo

 

Posso participar dos projetos do Observatório? Como faço?

Basta preencher um cadastro simples e aguardar as chamadas para nossos projetos.Mesmo que só possa dedicar 10 minutos por semana, sua ajuda será valiosíssima!
Quero participar!

 

O OSBrasília recebe verbas públicas?

É vedado o recebimento de recurso público de órgãos no âmbito de atuação do OSBrasília.

 

Como vocês se mantém e como são utilizados os recursos?

O Observatório Social de Brasília é mantido exclusivamente com doações e apoio de entidades mantenedoras e pessoas físicas. Os recursos obtidos são destinados exclusivamente a despesas operacionais, como remuneração de colaboradores e pagamentos de serviços. Os diretores do Observatório são voluntários e não recebem remuneração. Estão disponíveis no site os Relatórios de Atividades com as prestações de contas.

 

Como posso ajudar financeiramente?

Doações podem ser feitas por meio de depósito bancário (dados abaixo). Entidades que tenham interesse em firmar acordos de cooperação com o Observatório podem entrar em contato por e-mail ou telefone.

Banco do Brasil

Agência: 2912-2

Conta-corrente: 39.719-9

Favorecido: Observatorio Soc Brasilia

CNPJ: 19.802.464/0001-40

 

Há outros observatórios no Brasil?

Sim, já estão presentes em mais de 100 cidades, de 18 estados.

 

O OSBrasília só atua no Distrito Federal?

Nossas ações têm como foco o DF. Porém, apoiamos e participamos de alguns grupos e campanhas de âmbito nacional, dentro de nossos objetivos institucionais.

 

Que tipo de projetos são tocados pelo Observatório? O que vocês já fizeram?

Nossos projetos têm como foco toda a administração pública do DF. Temos projetos regulares, como a análise de emendas parlamentares e a avaliação da Lei de Acesso à Informação no âmbito do Executivo (Cliente Oculto). Também temos iniciativas pontuais, que, porém, podem se tornar periódicas. Além disso, estamos sempre abertos a sugestões de voluntários e da população em geral. Para tirar as ideias do papel, precisamos sempre de ajuda dos voluntários!