Em ano de crise, emendas para eventos crescem 22%

Por OS Brasília9 de novembro de 20151 comentario
Açougue Cultural T-Bone / Foto de divulgação

Num cenário de crise, cabe destinar uma parcela considerável do orçamento do Distrito Federal a eventos, por meio de emendas parlamentares? Levantamento feito pelo Observatório Social de Brasília indica que, para 2015, o valor das emendas para eventos aumentou em R$ 12,2 milhões (22%), totalizando R$ 65,7 milhões (contra R$ 53,5 milhões em 2014).

As emendas parlamentares para eventos formam uma categoria que abrange atividades culturais, sociais e esportivas, entre outras. Trata-se de uma área ampla em que é preciso ter informações detalhadas sobre o destino dos recursos para que o cidadão possa avaliar a adequação da destinação de dinheiro público; a compatibilidade entre o valor gasto e o evento apoiado; e até se o evento foi efetivamente realizado.

Esse cuidado é ainda mais relevante num quadro de falta de recursos para áreas como saúde, educação e segurança.

Dos 24 deputados distritais, apenas 13 responderam aos ofícios encaminhados pelo Observatório, alguns em prazo superior ao estipulado pelas Leis de Acesso à Informação federal (Lei 12.527/2011) e distrital (Lei 4.990/2012). Onze deputados simplesmente não responderam aos ofícios – reforçados por emails e telefonemas – enviados por voluntários do OSBrasília.

Entre os que responderam aos pedidos de informação, o deputado Chico Vigilante foi o que mais apresentou emendas para eventos (16) e o deputado Wasny de Roure foi o que destinou mais recursos (R$ 4,37 milhões).

Veja mais detalhes aqui.