CLDF mantém alto gasto em publicidade

Por OS Brasília20 de setembro de 2017Comentar
Ônibus linha Recanto das Emas

Pelo segundo ano consecutivo, a Câmara Legislativa deve gastar R$ 26 milhões em publicidade institucional, o que corresponde a uma despesa de cerca de R$ 9 por habitante do DF. As peças publicitárias podem ser vistas em ônibus e táxis, outdoors, estações de metrô, totens e painéis. Também são veiculadas em sites, rádio e TV.

[Veja o relatório completo aqui.]

Os gastos com publicidade da CLDF são superiores aos de órgãos públicos que promovem políticas públicas diretamente e que investem em campanhas de orientação e conscientização. Em outra comparação, a Câmara dos Deputados, de abrangência nacional, não registra gastos com publicidade institucional, utilizando-se apenas de sua estrutura própria de comunicação.

A campanha deste ano, centrada em palavras-chaves positivas, como Inovação, Participação e Realização, divulgam poucas medidas concretas. Algumas peças veiculam a mensagem “Um novo significado para o dia a dia da CLDF” junto às palavras. Outras trazem informações curtas sobre número de projetos de lei, audiências públicas e visitas à CLDF. Um “Saiba Mais” sugere visita ao site da CLDF.

Além disso, a Câmara Legislativa não tem fornecido detalhes da fundamentação de suas campanhas publicitárias, como objetivos, metas e retornos esperados, nem dos resultados em termos de acessos e pessoas alcançadas.

Em 2016, o Observatório Social de Brasília, ao solicitar tais dados, recebeu seguidas negativas, tanto da CLDF quanto das agências de publicidade envolvidas. Neste ano, diante de novo pedido, a Câmara já perdeu os prazos estabelecidos pela Lei de Acesso à Informação, mas garante que fornecerá os dados.