Observatório Social é destaque em relatório da ONU sobre voluntariado

Por OS Brasília15 de junho de 2015Comentar
6º Encontro Nacional dos Observatrios Sociais

Voluntários têm exercido um papel essencial em garantir governos mais responsáveis e abertos a responder aos seus cidadãos, mas segundo o Programa de Voluntários das Nações Unidas (VNU), seu potencial está seriamente subvalorizado.

O relatório Estado do Voluntariado no Mundo 2015 é a primeira pesquisa global realizada sobre a contribuição de voluntários para uma melhor governança, um pré-requisito para o sucesso das novas metas de desenvolvimento sustentável a ser acordado nas Nações Unidas em setembro.

Os “Observatórios Sociais”, uma iniciativa de voluntários brasileiros, aparece no relatório como um exemplo de ação voluntária para monitorar os gastos municipais e acabar com a corrupção. A publicação cita que esse esforço coletivo já ajudou a frear o desvio de quase 100 milhões de dólares dos cofres públicos.

“Ao criar ambientes para que as pessoas doem seu tempo, é possível usar suas habilidades e conhecimentos para o bem comum na esfera de governo”, disse o coordenador executivo do VNU, Richard Dictus, na última sexta-feira (05). “A mudança irá acontecer junto com um grande engajamento civil, ampliando o número de pessoas que têm voz, que podem participar e que podem assegurar que atores do governo prestem contas”, continuou Dictus.

Existem mais de 1 bilhão de voluntários mundialmente, a maioria deles trabalhando em seu próprio país. Com base na evidência de países tão diversos como o Brasil, Quênia, Líbano e Bangladesh, o relatório da ONU intitulado ‘Transformando a Governança’, mostra como pessoas comuns estão doando seu tempo, energia e habilidades para melhorar a forma como eles são governados em nível local, nacional e global.

Fonte: Nações Unidas no Brasil

[Leia também a matéria da Rádio ONU]

[Matéria da TV Cultura sobre o relatório da ONU]

Seja voluntário do Observatório Social de Brasília