Habitação e Comunicação explicam programas e gastos ao CTCS

Por OS Brasília5 de novembro de 20152 comentários
Reunião Extraordinária 04 11 2015 Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

O diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab), Gilson Paranhos, e o chefe-adjunto de Comunicação Institucional e Interação Social, Ricardo Taffner, participaram de reunião extraordinária do Conselho de Transparência e Controle Social (CTCS) nesta quarta-feira (4) para esclarecer pontos relativos a programas e despesas de suas áreas.

Paranhos explicou como é feita a divulgação dos inscritos no programa Morar Bem (vinculado ao Minha Casa, Minha Vida) pela internet e informou que em breve haverá mais informações sobre o histórico de cada pessoa habilitada.

Respondendo a questionamento, o diretor-presidente afirmou que a existência de duas filas, uma para inscrições diretas e outra para associações (com chamada mais rápida nesta última), é decorrência de lei e a Codhab não tem competência para promover alterações. Também foi solicitada a adoção pela empresa de uma política de dados abertos para que a sociedade possa analisar as informações habitacionais por conta própria. O chefe da área de tecnologia, Daniel Barboni, garantiu que a demanda poderá ser atendida.

Já Taffner relatou que os gastos do GDF com publicidade neste ano totalizam R$ 10 milhões, contra R$ 174 milhões em 2014, último ano da gestão anterior no DF. Ele assegurou ainda que todas as decisões da área seguem critérios técnicos e respeitam os princípios da transparência e do interesse público.

O secretário de Mobilidade, Marcos Dantas, também convidado, não pôde comparecer. A reunião foi a primeira com a presença do novo controlador-geral do DF, Henrique Ziller.

Mais informações na matéria da Agência Brasília.