Conselho deve ouvir autoridades sobre programa habitacionais, ônibus e publicidade do GDF

Por OS Brasília28 de outubro de 2015Comentar
Reunião CTCS 21 10 2015

O Conselho de Transparência e Controle Social do DF (CTCS) aprovou em reunião ordinária no último dia 21 o convite a autoridades para debater temas como a transparência de programas habitacionais, as tarifas de ônibus e a destinação de verba publicitária pelo governo distrital. São esperadas as presenças, já na próxima reunião do Conselho, marcada para 4 de novembro, do diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab), Gilson Paranhos; do novo secretário de Mobilidade, Marcos Dantas; e da chefe da Comunicação Institucional e Interação Social, Vera Canfran.

Em relação à questão do transporte, em especial, o Conselho tem reiterado a necessidade de disponibilização das planilhas de custos das empresas de ônibus, para que a sociedade possa avaliar tanto as tarifas cobradas quanto os subsídios repassados pelo DF. Em reunião do CTCS em setembro, o diretor-geral do DFTrans, Léo Cruz, afirmou que a decisão cabe exclusivamente à Secretaria de Mobilidade.

Na reunião, também foi apresentado o projeto da Auditoria Cívica, promovido pelo Instituto de Fiscalização e Controle (IFC), que integra o Conselho. A Auditoria Cívica tem como foco capacitar cidadãos a realizarem eles próprios a fiscalização de serviços públicos. O programa já passou por mais de 50 municípios e dezenas de relatórios foram entregues às autoridades. A próxima atividade, na área da saúde, será no início de novembro em Brazlândia (DF).

Outro tema discutido na reunião foi a possibilidade de inserção de novos dados no aplicativo Siga Brasília. Desde o lançamento da ferramenta, em junho, foram acrescentadas algumas novas funcionalidades, como a pesquisa no Diário Oficial do DF, mas há sugestões de mais melhorias.

A reunião do dia 21 também marcou a despedida de Djacyr Cavalcanti do cargo de controlador-geral do DF. Seu substituto, Henrique Ziller, participará da próxima reunião do Conselho, no dia 4 de novembro.